Resenha Livro: Confissões de uma trintona descolada de Fiona Mayer

18 fevereiro 2017



Resenha Confissões de uma trintona descolada - Fiona Mayer

Título: Confissões de Uma Trintona Descolada
Autora: Fiona Mayer
Páginas: 160
Editora: Amazon
Um é pouco, dois é bom, três é melhor ainda!
Ela tem um marido, um amante, um namorado. Precisa de tudo isso?
Siiiiimmmmm!
Cada um oferece uma dimensão diferente do amor. Como não pode abrir mão de nenhuma, essa princesa dos tempos modernos vai administrando essa vida tripla com destreza.
Baseada em fatos reais. Nomes foram omitidos para preservar pessoas e reputações.

Confissões de Uma Trintona Descolada conta a história de uma mulher que eu seus 30 e poucos anos, está envolvida em três relacionamentos. 

Ela se casou com 20 e poucos, teve dois filhos e é casada até hoje, porém seu casamento teve um desgaste muito grande. Como ela é de cidade pequena e família conservadora, prefere conservar seu casamento mesmo não sendo feliz, ela se sentia frustrada, feia e infeliz e seu marido não ligava para ela. 

Foi quando ela resolveu se cuidar que conheceu o que é seu amante. Ela continua sendo uma ótima mãe, esposa, cuida da casa e é uma ótima profissional, trabalha em uma grande empresa. Ela se desdobra para dar conta de tudo e consegue. 

A descolada acaba se deparando com o grande amor de sua adolescência, o qual teve que abrir mão para estudar, pois seu pai disse: "namora ou estuda". Esse amor volta a morar na mesma cidade que ela, acabam se encontrando e descobrem que ele também gostava dela. E começam a se envolver em um relacionamento.

Como isso tudo vai acabar? Bom você vai ter que ler para saber!

No começo eu fiquei muito incomodada com o tema abordado no livro, o adultério, e principalmente em se tratando da mulher, além de ser um tema ainda muito polêmico é uma coisa que eu não aceito. 

Mas no decorrer do livro vemos que ela tem os seus "motivos", não que eu ache que tenha motivo para traição. Eu pensava que se ela estava tão infeliz no casamento, porque manter por aparência? Mas ela queria ser casada, queria ter o amante e queria ter o namorado. Cada um proporcionava uma coisa que ela queria. 

“Você deve estar se perguntando por que é que eu não me divorcio e vou viver esse amor. A verdade é que não quero.” 

A escrita da autora é bem rápida, sem rodeios, no início eu sentia que estava lendo correndo as informações, mas depois me acostumei com a escrita. O livro tem poucos erros, é pequeno e dá para ler bem rapidinho. 

Ah o final, teve um clichê, que eu gosto bastante e vocês já sabem né. E eu acho que poderia ter sido melhor trabalhado o final, mesmo sendo clichê. 


Esse livro é mais um da parceria com o Traduzindo em Palavras, no projeto Resenhando Nacionais. 







Acompanhe nas redes sociais:








35 comentários:

  1. Gente que livro LOUCO! Louco demais.
    Acho que no lugar dela teria jogado tudo para o alto e se mandado.
    Apesar dela ter seus motivos, fico um pouco com receio.
    Por outro lado pelo que vi autora abordou o tema com bom humor então a situação fica bem diferente

    ResponderExcluir
  2. Que interessante... Tô na casa dos 30, sou casada, e espero ficar só aí nas coincidências!! hahahaha
    Mas, acho que é uma daquelas leituras divertidas de se fazer. Achei interessante e até meio cômico, embora você disse que é um tanto quanto clichê.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Gostei do livro no começo, parecia ser um chick-lit bem legal mas esse tema adulterio também nao me agrada muito e ver que a personagem gosta disso e quero continuar com os 3 relacionamentos iria me irritar bastante

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Nossa que livro... diferente. Não sei nem o que pensar. É uma leitura que parece legal, mas que não me chamou tanto a atenção assim. Sem falar que você não me pareceu muito entusiasmada também. Vou pesquisar um pouco mais sobre ele. beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie.
    Confesso que o tema adultério pra me agradar tem que ser muito bem trabalhado.
    Infelizmente, o livro não chamou minha atenção...

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Nossa, que loucura essa história. haha
    Não sei se seria algo que eu leria agora, mas ser baseado em fatos reais aumenta consideravelmente a chance.

    Confesso que a proposta da protagonista não me atrai e é provável que eu passe o livro inteiro com alguma raivinha, mas ok. haha

    ResponderExcluir
  7. Sério que você acha o adultério um tema ainda polêmico? Eu que pensei que isso tinha ficado em 1800 e lá vai bolinha nos túmulos dos falsos moralistas. 'ela queria ser casada, queria ter o amante e queria ter o namorado. ' que bom que ela é bem resolvida e dá conta de todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que ser bem resolvida é o que importa.
      Porém polêmico ainda é sim, ainda mais se tratando do lado da mulher ainda tem muito preconceito.

      Excluir
  8. Em tres relacionamento?
    Gostei da capa, mas o livro não me deixou com muita vontade de ler, pelo menos não por enquanto, quem sabe um dia. Mesmo não tendo me interessado, a sua resenha ficou ótima

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Apesar da sua resenha ter ficado muito boa, infelizmente o livro não me despertou interesse, não tenho muito intresse em obras sobre romance ou adultério. Confesso que não senti entusiamo e também não percebi isso na resenha. Achei bem legalzinha a capa do livro.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  10. Oie amore,
    Parece se tratar de um livro bem bacana.
    Nossa três relacionamentos... OMG... que gulosa... De fato não sou a favor do adultério, mas, pensando está só na história e na imaginação acho que não tem tanto problema.
    Adoro clichês então já quero!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  11. Pelo título e pela capa eu fiz uma ideia completamente diferente do livro, mas ao ler a sua resenha eu me decepcionei. Não gostei da premissa, não é o fato de ser uma personagem feminina estar cometendo um adultério e sim a forma como isso é mostrado e trabalhado. Se acontece aos poucos, se ela decidisse terminar o casamento por não ser feliz e aí conhece outra homem por quem se apaixonasse, eu até entenderia e talvez pudesse ler. Mas escolher trair o mardo e se envolver em 3 relacionamentos, não me passa a ide a de uma trintona descolada e sim uma trintona piriguete (pra não usar palavra pior).

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Nossa confesso que pela premissa passaria por cima do adultério, afinal sou mega contra disso mesmo em livros, mas quando soube que ia dar em um clichê, me desanimei. Esse não é um tipo de clichê que curto muito. Quem sabe futuramente?!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Acho que nada impede de trabalhar com clichês, porque ele são bons quando bem construídos. Adorei a sua resenha e apesar de ser um pouco avessa a esse tema, com certeza é uma leitura que eu faria.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Não acho o assunto polêmico, mas vai de cada um não é mesmo? Mas acho meio complicado abordar esse tema num livro, queria ler e ver como isso foi feito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, acho que me expressei mal ao dizer que é polêmico.
      Mas abordar no livro é um tema complicado.

      Excluir
  15. Oiii Ludmila, tudo bem?
    Menina eu fiquei rindo horrores dessa capa e do título que se nem imagina, eu adoraria ler para dar belas risadas e me divertir, sua resenha conseguiu me conquistar e leria com toda certeza.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, gostei bastante da premissa eu adoro um bom livro clichê estilo Chick Lit, sua resenha esta muito bem escrita.
    Parabéns pelo blog.
    Abraços Mary do blog Leituras da Mary

    ResponderExcluir
  17. Baseado em fatos reais! O.o
    Também acho que não a desculpa para adultério, não gosta separa! Mas eu leria o livro, apesar de o enredo não ser parecido ele me lembro do livro Ser Clara. Parece ser um típico Chick Lit com um final previsível, mas mais uma vez eu leria por que você disse que não tem rodeios e deve ser rápido de ler.

    Beijos,
    memórias de uma leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei assim :O quando vi que tinha fatos reais também rs
      É bem rápido sim!

      Excluir
  18. Esse livro já está no meu kindle para ler! E cada vez que leio uma resenha fico mais empolgada! Parece ser aqueles livros que a gente sente um pouco de tudo quando lê!
    Bjos

    ResponderExcluir
  19. Oie!
    Eu não gosto muito quando tem traição em alguma história, mas acredito que vou rir com esse livro.
    Não conhecia essa publicação, e vouo anotar esse nome para conferir futuramente. Bem interessante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  20. Olá
    Realmente o tema adúltero tem muita controvérsia afinal se a gente aceita em um romance 'normal' que um rapaz se envolva com uma moça mesmo estando noivo de outra, porque não podemos aceitar o desse livro. Traição é traição, e como eu não aceito ser traida também não posso aceitar nem um livro nem o outro.

    ResponderExcluir
  21. oi!
    Que livro doido, hein.
    Apesar do tema adultério , eu gostei bastante da sua resenha e já anotei a dica.
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Caramba, a moça é quente mesmo hahaha tantas que queriam um e ela tem três. Eu não gosto de traição, mas leria o livro só pela polêmica envolvida. E pra saber com quem ela vai ficar no final (acho que ela fica com o marido mesmo, em nome das aparências).

    ResponderExcluir
  23. Oii!

    Achei um enredo ok, não conhecia a obra e confesso que fiquei pouco animada. O clichê não é problema, mas saber que é uma obra um pouco corrida demais me deixa desanimada.
    Mas fiquei feliz em saber que foi uma boa leitua!

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem? Achei o enredo meio diferente, apesar do clichê e por isso dica anotada. Não conhecia a autora, mas vai ser uma ótima oportunidade. Gostei da resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Gostei da sua resenha e achei o livro curioso, embora esteja torcendo aqui para que ela termine sozinha, abandonada pelos três homens, depois deles perceberem que ela não tem nada a oferecer. Muito me entristece ver que algumas mulheres defendem que traição é uma forma de empodeiramento! Só lamento!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  26. Oieee, achei o livro muito interessante quando li trintona, pensei, opa é comigo rsrsrsrs!!!
    Achei que o ponto independência estar diretamente ligado a adultério não tem nada a ver. Independência é mais que isso né?! Mas entendi que a autora queria abordar a independência sexual da personagem né?! Mas o fato dela ligar a adultério ficou meio estranho, não consigo ver a relação entre eles. Mas ainda assim é um livro que quero conhecer.
    bjs

    ResponderExcluir
  27. Ola lindona, a protagonista é corajosa ao ter 03 homens, confesso que o tema em si da traição não me agrada muito, mas sairia de minha zona de conforto para ler e saber o final desse quarteto. Uma pena que o final não ficou tão bem desenvolvido. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?
    Esse livro parece ser bem engraçado, mas eu gostei muito da premissa da obra, dica anotada!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  29. Não costumo gostar de livros que tenham adultério como tema, mas depois Arsen, a broken love story acabei aceitando lê-los por perceber que eles podem me surpreender positivamente. Não é por ter adultério que irá, realmente, ser totalmente contrário ao que penso, tudo vai depender da abordagem que ele utilizar, de como irá trabalhar o emocional dos personagens... Essa história não me parece ser um delas, mas não vou descartar antes de dar uma chance a ela.

    ResponderExcluir