Resenha livro: Como eu era antes de você de Jojo Moyes

14 julho 2017


Como eu era antes de você de Jojo Moyes

Título: Como Eu Era Antes De Você
Autor (a): Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320
Onde comprar: Amazon

 Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.



Louisa é uma jovem de 26 anos que tem uma vida simples e bem normal, até um tanto pacata, ela namora o mesmo cara há 7 anos e trabalha no mesmo café há mais de 6 anos e mora com os pais, mas para ela está tudo ótimo, gosta e já está acostumada assim.

Mas sua vida muda totalmente quando o seu chefe resolve fechar o café em que trabalha há tanto tempo, ela acaba tendo que recorrer a agencia de empregos local, mas não consegue nada por achar que não tem jeito para fazer outra coisa. Como ela tem a necessidade de ajudar a sua família financeiramente, ela se vê aceitando o último emprego que eles lhe oferecem, ser cuidadora de um tetraplégico por 6 meses e ganhando bastante bem.

Quando Louisa chega na mansão em que vai trabalhar, conhece Will o tetraplégico que ela vai cuidar. Will era super bem sucedido e amava aventura e praticava muitos esportes radicais pelo mundo junto com sua namorada. Após sofrer um acidente de trânsito, ele vai parar numa cadeira de rodas.

Os primeiros contados dos dois não são nada fáceis, principalmente para Lou, mas como é o emprego que conseguiu e paga bem, ela vai ficando, e conhece o Nathan que é o enfermeiro de Will e acaba amenizando um pouco a vontade de sair de lá. Mas uma descoberta a faz novamente querer sair desse emprego, e só a mãe de Will a convence a ficar com muito custo. Então aos poucos a convivência de Lou e Will começa a melhorar, ela começa a tratá-lo igual com grosseria e sarcasmo. E assim começa a história de amizade dos dois.

"Ser atirada para dentro de uma vida totalmente diferente – ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela – obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem."

Will tinha uma namorada, agora ex, e ela um dia vem visitá-lo, mas não se engane se acha que ela veio para voltar com ele ou algo assim, pelo contrário, ela veio dizer que está noiva, e pasmem, do melhor "amigo" dele. É uma cena revoltante, pois dá pra sentir o que ele sente, apesar de dar os parabéns.

Louisa e Will começam a fazer atividades juntos, como ver filmes, passear pelo castelo, ponto turístico da cidade, eles começam a se abrir um para o outro e entender melhor o outro, Will não entende como Lou se contenta com a "vida" que leva, e começa a incentivá-la a fazer várias coisas. Louisa começa a perceber como Will a incentiva e lhe dá muito mais atenção que seu próprio namorado Patrick, que só sabe pensar em academia. 

"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível."

Lou planeja várias atividades para fazer com Will durante os meses de seu contrato, ela quer que ele se sinta mais feliz e capaz de fazer várias atividades, e Will faz tudo por ela, ele melhora muito seu modo de viver graças a Lou.

É uma história linda, de amor, carinho, conhecimento, aventuras, o tempo todo desejei um final feliz, mesmo sabendo que não teria, pois já tinha visto algumas resenhas e sei que todos choram. E não foi diferente sentir as lágrimas e a emoção do final. Mas o livro traz tanto aprendizado, que vale muito a pena a leitura. 

"É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida muito mais do que esse dinheiro vai mudar a sua."


Como eu era antes de você de Jojo Moyes



"Sei que essa não é uma história de amor como outra qualquer. Sei que há motivos para eu nem dizer isso. Mas eu amo você. De verdade."

Como eu era antes de você de Jojo Moyes






Acompanhe nas redes sociais:


11 comentários:

  1. Oi Ludimila, eu li esse livro na época que ia sair o filme e estava todo mundo elogiando. Te confesso que fiquei tão chocada com o final que nem consegui chorar, realmente eu não esperava. Mas não deixou de ser uma linda estória.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Ahhh eu amo essa história tanto no livro quanto no filme, sou apaixonada pelo amor sincero e puro da Lou e do Will.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii!

    Eu assisti ao filme mas não li o livro ainda, não sei se farei tão cedo. Acho o enredo bonito e por todas as resenhas muito bem trabalhados, maaaas não é um genero que leria no momento.
    Gostei da sua resenha!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  4. Olá, amei a sua resenha, me incentivou a ler esse livro. Eu comprei mas não li por receio, e estou grata por ler achado sua resenha, ela me motivou a perder o medo, apesar de saber que vou chorar horrores.

    Grata, bjoos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sou suspeita pra falar, afinal sou Jojolovers assumida!
    Gosto muito da escrita da autora e sem dúvidas essa trama que ficou sendo a mais conhecida, traz pontos bem reflexivos dentro de uma história de um surgimento do amor em meio as dificuldades do Will.
    Pena que a sequência da história não ficou tão boa, mas sem dúvidas recomendo a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. eu vi o filme só por causa de Emilia C. e achei até bonitinho, mas a leitura em si nao fluiu e acabei abandonando o livro...
    pelo jeito a leitura te tocou bastante, nao é? :D
    bjs...

    ResponderExcluir
  7. Eu amo esse livro!
    Li faz pouco tempo e a história me envolveu completamente e chorei feito criança no final. Não julgo as escolhas do Will, na vida real acontecem muitos casos assim e não somos ninguém para julgar. Só quem vive em tal situação sabe o que sofre, sou a favor de lutar sempre, mas cada um com o seu cada um.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Li este livro uns 4 anos atrás e terminei a leitura no ônibus, segurando o choro e passei mal por isso hahaha! Adorei suas fotos!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá, olha assisti o filme e não foram poucas lágrimas, porque de certa forma ele não estava preparado pra aquilo, final é triste é triste mais ele soube aproveitar o que restava. Adorei a resenha e as fotos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu chorei horrores com eate livro, e também com o filme. Tenho a continuação em casa, mas ainda não li. Não sei o que estou esperando, mas como ouvi dizer que não é muito bom, estou com medo de não gostar. Ainda tenho outros livros da JoJo na estante também para ler. Espero fazer isso o quanto antes.

    ResponderExcluir
  11. Comecei a ler este livro e estava amando loucamente. Mas aí peguei O spoiler e parei de ler. Não adianta, não consigo me envolver de verdade quando sei o que vai acontecer, as pessoas deviam respeitar mais quem ainda não leu. Amo a Jojo e acho que esse livro destruiria meu coração, mas eu gosto quando uma leitura faz isso... Pena que dificilmente vou conseguir terminar de ler um dia.

    ResponderExcluir